Buenos Aires e Montevideo com amor

Sempre quando escrevo roteiros de viagem para amigos, além de impressões, coloco uma boa dose de amor. Desejo, a cada linha, que eles vivam momentos inesquecíveis nos melhores restaurantes, atrações, paisagens… Escrever é uma forma de demonstrar que eu os quero bem, aqui ou em Calcutá. E este post não é diferente, foi pensando especialmente para uma noiva, que se casa nesse final de semana e que merece todas as cartas de amor. Fiz ele com base no que eu já conheço e no que eu espero um dia visitar, nas vizinhas Buenos Aires e Montevideo.

Marco e Talita casados em frente ao rio del plata em montevideoMinha queridinha, Montevideo, foi cenário do início de namoro com o meu marido. Foi nas margens do Rio da Prata que ouvi o primeiro “Eu te amo”. Inesquecível. Mas não é só por isso que quero voltar à cidade uruguaia, mas também pelas carnes, doce de leite, livrarias, sorvetes… Então seguem os destaques:

ATRAÇÕES

  • Rambla – o calçadão uruguaio tem brisa, senhores pescando, jovens dançando, barcos ao fundo, skatistas, namorados e um pôr do sol apaixonante.
  • Teatro Solis – tem um arquitetura belíssima, para ser admirada principalmente a noite, quando é iluminada por uma luz dourada, que cria um clima romântico. Se conseguir um ingresso para um espetáculo nele, melhor ainda.
  • MAM (Mercado Agricola de Montevideo) – parilla define, mas não é o único atrativo. O mercado tem bons produtos típicos e gourmet, cervejas artesanais (até sem álcool!) e lembrancinhas bacanas.
  • Praça Independência – tem o primeiro arranha-céu da américa latina, sorveterias e livrarias ao redor, abriga manifestações importantes, músicos, cachorros e ângulos ótimos para fotos.
  • Museu Torres García – é pequeno, de um artista pouco conhecido por nós brasileiros, mas muito importante para os uruguaios. Vale uma visita, principalmente depois do almoço, quando fica mais tranquilo ;)
  • Museu Nacional de Belas Artes – Em um casarão, guarda quadros, esculturas e um belíssimo jardim japonês. Aos domingos há duas vantagens, uma grande feira de artesanato na frente da museu e entrada gratuita a partir das 14h. Aproveite para dar uma voltinha pelo bairro do Prado, que tem outros casarões lindos.
  • Parque Rodó e Museu Nacional de Artes Visuais – esse combinado vale um passeio de tarde, com direito a obras 3D, muita arte uruguaia e peças modernas. O parque é pequeno, mas agradável.
  • La Pasionaria – lojinha do tipo Imaginarium, mas bem mais legal, com comidinhas, objetos design e lembrancinhas originais.
  • Funfun Bar – Uvitas grátis, a deliciosa bebida alcoolica docinha feita de uva, mais apresentações de tango na terra natal de Gardel. A entrada é paga, mas vale e é uma ótima experiência na noite uruguaia.

COMIDAS

  • Casitanno Chivitos House – chivito é um bauru melhorado, com batatas fritas, bife, ovo, presunto, queijo… não se engane, muitas vezes um só dá para duas pessoas.
  • La Vaca – Para comer uma chapa com vários tipos de carne a um preço tão delicioso quanto os pratos.
  • Tandory – tem menu degustação de sobremesas <3 E é o lugar perfeito para variar e comer frutos do mar no lugar de carne, além de experimentar um jantar surpreendente. Sério, se dê de presente.
  • Francis – mousse e panqueca de doce de leite <3 tem massas, peixes e frutos do mar no cardápio.
  • Mas Puro Verso – Tomar café da manhã ou da tarde nessa livraria é de uma poesia incrível. Você merece.
  • Cafe Brasileiro – se sentir saudade de casa, já sabe. Brincadeiras a parte, essa é uma charmosa cafeteria de 1877, que te faz voltar no tempo e serve bons cafés com leite. Eu já disse que tudo com leite é uma delícia aqui?
  • Mercado, qualquer um – itens obrigatórios para experimentar: alfajor (eu amo o Milka), suco de maçã, vinhos, queijos (sério, compre e faça um piquenique, nem que seja no quarto do hotel), embutidos, cerejas, pães a base de leite, doce de leite e cerveja.

carnes na grelha no mercado municipal de montevideo

Em Buenos Aires eu passei poucos dias a trabalho, então não tenho grandes lembranças além das gastronômicas, mas decidi fazer uma seleção com o que adoraria conhecer na cidade porteña:

ATRAÇÕES

  • Teatro Colón – o melhor dos mundos é conseguir ingresso para assistir um espetáculo, porém, se não der, uma visita já vale, ainda mais se for guiada, com direito a todas as belas e às vezes dramáticas histórias do teatro.
  • Livraria El Ateneo – para amar as palavras, a arquitetura, a Argentina, a arte… OBRIGATÓRIA.
  • Puerto Madero – eu prefiro visitar a noite, ver a cidade iluminada, jantar em um dos melhores restaurantes de carne do mundo, passear na ponte da mulher…
  • Museu de Arte Latino- Americana de Buenos Aires – primeiro sentimento: raiva, por ele ter tantas obras importantes da Tarsila do Amaral, Di Cavalcanti e Oiticica. segundo sentimento: deslumbramento, como um museu pequeno pode ter uma coleção tão bacana? Frida Kahlo mandou um beijo <3
  • Palácio Barolo – para ver parte da cidade por cima, fica na avenida de Mayo, e contemplar um pouquinho da arquitetura europeia na cidade.
  • Usina del Arte – é a pinacoteca deles e, que sorte, abriga uma exposição sobre Van Gogh em que você pode até entrar nas obras, até outubro de 2013.
  • Museu Nacional de Belas Artes – concentra obras de artistas argentinos e alguns internacionais, como Renoir. E a entrada é gratuita. E ele fica ao lado daquela rosa de metal que se abre.
  • Japanese Garden – para ficar zen, fazer um piquenique, parar o tempo um pouquinho, vendo as carpas passarem…
  • La Bombonera – para quem gosta de futebol, é obrigatório, ainda que você desgoste do Boca.
  • Estátua da Mafalda – tire fotinho sentada(o) ao lado dela. Porque ela é linda e é ótimo turistar :)
  • Tour de Street Art – nos muros da cidade você pode acompanhar a verdadeira arte contemporânea argentina.

COMIDAS

  • Cabaña Las Lilas – a melhor carne que eu já comi na minha vida foi aqui, a melhor entrada, vinhos… e olha que eu estava com uma menina que eu mal conhecia XD
  • El Cuartito – excelente custo-benefício em forma de pizza, em um endereço clássico dos porteños
  • Smeterling Patisserie – macarrons onde o alfajor é rei. E tortinhas lindas, e bolinhos, e biscoitos, e carinho em forma de açúcar.
  • Chipper Traditional Fish and Chips – sim, pratos ingleses com bom preço e fresquinhos. Para ampliar o cardápio da viagem.
  • I Latina – comida colombiana, ceviches e pratos minimalistas (sim, aqueles pequenos e bem “pintados”), uma experiência diferente e um pouco mais cara, mas que pode ser bem interessante
  • Dill – é pequeno, mas serve ótimos drinks e o famoso cordeiro argentino ao vinho. Quando estiver batendo perna na calle Florida, aproveite para dar uma paradinha lá.
  • L’ Orangerie – café da tarde de rainha no chique Hotel Alvear, o Copacabana Palace de lá. É um luxo, com direito a baguetes, geleias, salmão, bacon, tortinhas de frutas…
  • La Cabrera Norte – carneeees! E mais carnes maravilhosamente feitas. E com empanadas de entrada.
  • Mercados para comprar Alfajor da Abuela, El Cachafaz, Jorgito e qualquer outro que você queira testar, além de Dulce de Leche Vaquita <3

No fim, escrever roteiros é uma forma de viajar um pouquinho também : )

Feliz lua de mel, Fê!

Capa do ebook Turismo de Empatia: Refugiados no Oriente Médio Clique aqui e conheça o livro Turismo de Empatia: Refugiados no Oriente Médio

Neste livro, a jornalista Talita Ribeiro conta histórias que viveu e ouviu durante as semanas que passou entre refugiados de guerra na Jordânia e no Curdistão Iraquiano. Em paralelo, a autora dá dicas turísticas dos locais que visitou e apresenta um passo a passo de como embarcar em uma viagem em que o foco são as pessoas, e não os lugares. “Refugiados no Oriente Médio” é o primeiro livro da coleção “Turismo de Empatia”, que nasce de questionamentos e curiosidades tão fortes que nos fazem sair da zona de conforto e entrar em um lugar desconhecido e sagrado: o coração do outro.

4 comentários sobre “Buenos Aires e Montevideo com amor

  1. Fico impressionado como cada pessoa conhece uma cidade de um jeito e tem experiências distintas no mesmo lugar que visita. Já fui em Buenos Aires e em Montevideo. Nas duas vezes com um grupo de amigos. Adorei as duas cidades. Impressionante como é perceptível a valorização da cultura e história que eles mantem. Mas gostei mesmo foi das pessoas. Fiz boas amizades lá. :)

    E para lua de mel deve ser sensacional, sua amiga irá amar!

  2. Pingback: Comece 2014 correndo: pacotes de viagem para o Réveillon (Ano Novo)

  3. Oi Talita, estou programando de passar esse Natal com o marido na Argentina e a-do-rei suas dicas. Você sabe me dizer um site onde compro pacotes mais baratos ou se é mais viável comprar só passagens e hospedagem?
    Obrigada!

    • Olá, Shirley! Tudo bem?

      Eu normalmente viajo por conta própria, ou seja, compro a passagem aérea direito no site da companhia e fecho a hospedagem com o hotel ou através do airbnb.com.br (alugando um apartamento). Porém, há vários sites onde você pode comprar o pacote prontinho, eu aconselho que se quiser fazer isso, procure operadoras de turismo como a CVC, Nascimento, Agaxtur… porque é mais seguro do que comprar em qualquer outro site só porque está mais barato, sabe? Ainda mais roteiros para as festas de fim de ano. O barato pode sair caro se você não tomar cuidado e ver as referências de quem está vendendo.
      Para comparar os preços das passagens aéreas você pode consultar o http://www.submarinoviagens.com.br ou o skyscanner.com.br. Para consultar preços de passagens e ver comentários de outros usuários, recomendo o tripadvisor.com.br

      Espero tê-la ajudado :)

      Beijo e boa viagem!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *