Pés da Talita sobre uma calçada escrito "time smiles in my hand"

A Primeira Despedida

Hoje aconteceu a minha primeira despedida, cheia de sentimentos desencontrados: ele nostálgico pelo Brasil e eu já sentindo falta de San Francisco. O seu olhar perdido contrastava com o meu cheio de brilho. Conversamos por horas, como velhos conhecidos de três encontros. E ele, contando sobre o que lhe falta, me fez perceber que a…

Um campo de vegetação seca mas macia, com pequenas poças de neve

O que eu aprendi em Yosemite

Queimar a vegetação às vezes é bom, para ajudar a terra a se renovar. Parece absurda a afirmação, ainda mais escrita assim, sem contexto. Mas antes que voem pedras-palavras ecologicamente corretas, eu explico. Há milhares de anos índios americanos, chamados Miwok, habitavam os vales que hoje formam o Parque Nacional de Yosemite. Para renovar os…

Sobre uma mesa: pote com morangos e cerejas, balão em forma de coração, livro de graffiti, flores, poster de O Hobbit.

Bem-vindo à minha cidade

A casa e a vida se encheram de cores para te receber. Nas ladeiras da Bush St. há mais cerejeiras em flor hoje do que ontem. Os neons e letreiros da Union Square vão brilhar até mais tarde. E meu coração, que agora bate na velocidade dos teus voos, embalará a espera. Na minha cidade,…

Talita observando enormes painéis lotados de caracteres chineses

Sobre partir e se encontrar

Chovia forte naquela terça-feira cinza, o ônibus Praça do Correio – Brasilândia estava lotado, com quase todas as janelas fechadas e em um ponto onde alagamentos eram comuns. Mas tudo bem, eu estava na Suíça, experimentando queijos divinamente cremosos e prestes a embarcar no Trem do Chocolate, que me levaria entre os Alpes até uma…

Talita no meio de um salto, ainda flutuando no ar, com a bela praia de Carmel ao fundo

A melhor escola de inglês

“Go, Went, Will…”, Zoe, a amiga que conheci no bar durante o jogo do #49ers, me contava animada sobre o seu “date” (encontro) surpresa no sábado, mas o que me chamava mesmo a atenção eram os tempos verbais que ela usava a cada frase. Isso porque, nessa semana, terei as provas finais no curso de…

Brigadeiros cobertos com gotas de chocolate meio amargo em forminha de cupcake

Que seja doce

Brigadeiro é saudade. Não há tradução para o docinho, nem para o sentimento que nos toma quando estamos longe de casa, seja ela um local, uma pessoa ou um sonho. Casa é o que nos abriga. Trouxe na mala expectativas, medos, desejos, duas latas de Leite Moça e uma caixa de Chocolate do Padre, só…

Talita em seu pequeno quarto, com um guardarroupas no fundo

A cidade que você não quer ver

“E mesmo que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal algum, pois Tú estás comigo” É impossível não lembrar o versículo 4 do Salmo 23 ao passar à noite pelo “quadrado proibido para turistas”, na região do Civic Center e Tenderloin da cidade de San Francisco, Califórnia. A cada esquina, entre…

Escudo com pintura da cabeça de Medusa, do artista Caravaggio, de 1597

Mulher sim, senhor

Pela primeira vez, fui a um restaurante onde não me deram pratos, nem arrumaram os talheres ou serviram água. Na verdade, os garçons evitavam olhar para mim, como se eu fosse a Medusa e pudesse transformá-los em pedra. Não digo que, depois de ser tão destratada, eu não o quisesse, porém, assim como o monstro…

Estátua mexicana com uma mão na cabeça e outra apontando pra frente

Luxo em Viagem

Luxo é ter um banquinho do Golden Park dedicado à você. Pode ser pelos seus filhos com amor, ou pelo seu amor ao parque, quanto mais simples e direta a mensagem melhor, para ficar guardada na memória dos visitantes e acompanhá-los em suas histórias de viagem. Luxo é se permitir tomar um sorvete de creme…

Quando uma viagem começa?

Em minha última noite em Nova York, na viagem de férias em setembro, conheci Juan, um peruano de Cusco, que vive clandestinamente nos Estados Unidos há 8 anos. Juan é popularmente conhecido como Elmo, o personagem vermelho da Vila Sésamo, e ganha a vida tirando fotos com turistas na Times Square. Foi lá que nos…