Representação de uma mesquita em cerâmica

Atentados

Acordei com o barulho do vento, batendo forte nas janelas de vidro, me chamando com seu uivo seco. Um arrepio na espinha, pêlos eriçados, frio, muito frio. Ligo o celular, com a vista ainda embaçada e, de repente, todos os amigos estão comovidos com os mortos de Paris. Procuro no Google a notícia e descubro…