Muito além do turismo esportivo

“Defense! Defense“, um bar inteiro gritava e aplaudia na esperança de que os jogadores do 49ers, de San Francisco, utilizassem o seu ponto forte para virar um jogo que estava quase perdido. E o grito de guerra parece ter ajudado, em pouco mais de 10 minutos o time vermelho partiu pra cima do time branco…

Talita observando enormes painéis lotados de caracteres chineses

Sobre partir e se encontrar

Chovia forte naquela terça-feira cinza, o ônibus Praça do Correio – Brasilândia estava lotado, com quase todas as janelas fechadas e em um ponto onde alagamentos eram comuns. Mas tudo bem, eu estava na Suíça, experimentando queijos divinamente cremosos e prestes a embarcar no Trem do Chocolate, que me levaria entre os Alpes até uma…

Talita no meio de um salto, ainda flutuando no ar, com a bela praia de Carmel ao fundo

A melhor escola de inglês

“Go, Went, Will…”, Zoe, a amiga que conheci no bar durante o jogo do #49ers, me contava animada sobre o seu “date” (encontro) surpresa no sábado, mas o que me chamava mesmo a atenção eram os tempos verbais que ela usava a cada frase. Isso porque, nessa semana, terei as provas finais no curso de…

O riso é universal

O Catacombs, antigo nigthclub nas docas de Cape Town, foi cenário de cenas tão bizarras quanto familiares no anos 60. Eu não estava lá, claro, mas Billy Monk registrou tudo com sua câmera fotográfica, em um rico acervo que poderia ser chamado de “vergonha alheia” ou, o mais realista, “quem nunca?”. As pessoas não estão…

Escultura de uma cabeça com expressão de sofrimento

Sobre-viver em dias de chuva

Lembra daquelas cenas de desenho em que o encarcerado rabisca risquinhos na parede, que representam o tempo que ele já passou na prisão? Sou eu com os dias cinzas. Nestas 3 semanas que estou fora de casa, sei de cór quantos dias eu não vi o sol brilhar e tive que encarar sensações térmicas congelantes,…

Amores Possíveis

Piter, o engenheiro francês, chega todo dia entre 18h e 19h, esquenta algum prato que compra na rua e vai jantar em seu quarto, onde sua esposa o espera. Ela está em Londres e, provavelmente, toma um chá com torradas para acompanhá-lo, afinal, lá é madrugada de um inverno gelado e com muita neve. O…

Torcer vale a pena

Só quem já vibrou ou chorou em uma partida sabe o que é torcer de verdade. Não quem diz que torce, mas não fica, nem um pouquinho, chatiado quando o time perde ou está em uma má fase. Torcer vai muito além do racional. A gente pode até assumir que o time está ruim, mas…

Brigadeiros cobertos com gotas de chocolate meio amargo em forminha de cupcake

Que seja doce

Brigadeiro é saudade. Não há tradução para o docinho, nem para o sentimento que nos toma quando estamos longe de casa, seja ela um local, uma pessoa ou um sonho. Casa é o que nos abriga. Trouxe na mala expectativas, medos, desejos, duas latas de Leite Moça e uma caixa de Chocolate do Padre, só…

Talita em seu pequeno quarto, com um guardarroupas no fundo

A cidade que você não quer ver

“E mesmo que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal algum, pois Tú estás comigo” É impossível não lembrar o versículo 4 do Salmo 23 ao passar à noite pelo “quadrado proibido para turistas”, na região do Civic Center e Tenderloin da cidade de San Francisco, Califórnia. A cada esquina, entre…