Parquinho superlotado com dezenas de crianças agasalhadas em roupas simples, velhas e sujas

As Crianças

Cercas, barracas, esgoto a céu aberto, banheiro limitado, sofrimento compartilhado, fome, sono, sede, medo, ausência de horizontes… E uma criança no meio, que representa milhares de tantas outras. Não há petróleo no mundo que pague seus dias vazios. Não há política internacional que explique a violência como rotina. Nas guerras sobram bombas e falta razão.…